terça-feira, 26 de outubro de 2010

Andei a passear pelo FB

E descobri coisas tão giras!
Por exemplo: encontrei bazookas de malta que deixou de falar comigo quando me divorciei (ai e tal que é pecado e o catano e a malta casa-se é para sempre e se não é para sempre decidias antes e o camandro e o caneco e sei lá mais o quê). Todos divorciados. Todinhos! E eu aqui, cheia de vontade de perguntar "Ai e tal que é pecado e o catano e a malta casa-se é para sempre e se não é para sempre decidias antes e o camandro e o caneco e sei lá mais o quê?". Mas não. O karma é bonito e gosta de agir sozinho.

12 comentários:

Prezado disse...

Mas essas opiniões são mesmo assim: coisas de miudos. Depois vai-se a ver e somos todos iguais. E uns ainda são mais iguais que outros. Não é karma. é a vida.

Anónimo disse...

n é o divorcio o motivo do afastamento..mas sim pk as mulheres divorciadas sao depressivas e cansativas..pelo menos as ke eu conheci..

só 1 mulher disse...

fartei-me de rir com o teu post... sem dúvida crente, que a vida dá muitas voltas, e com karma ou sem karma, ás vezes as "coisas" caem-nos nos braços

1 beijinho

Crente disse...

Prezado: tu implicas com o meu karma... :) Mas sim, miúdos. Embora, na altura, tivessem a mesma idade que eu. Eu posso ser (ter sido) inocente, mas sempre soube o que queria vs não queria na minha vida. Outros gostam de viver a vida de acordo com a opinião de terceiros. E isso é triste...

Anónimo: Bem vindo! Também conheci mulheres dessas. E homens. E alguns/algumas eram divorciados/as. Outros simplesmente são sempre assim. As pessoas afastam-se quase sempre por julgamentos precipitados. E por fracas amizades também. No cas sei que não foi isso. Decidiram que havia uma vítima: o meu ex. E toca de tomar partidos... Foi pena, ou não. Gosto de amizades resistentes.

só 1 mulher: Ri-me mesmo quando os descobri! Um deles separou-se da rapariga com quem tinha casado, depois de ter deixado a ex-namorada. Divorciou-se e voltou para a ex! Genial! Amor resistente...

Prezado disse...

Não é só o teu. Eu explico: acho que o karma é uma tanga. é demasiado subjectivo. Para mim, nem karma há. Só temos de ser melhores porque sim.

Crente disse...

Neste momento preciso de acreditar que exista. Que sermos o melhor possível compensa. E que não o ser traz represálias... Pelo menos durante a semana que começa hoje. Mais 7 dias na esperança que seja assim a vida. Ou me lixo com F, ou me corre bem. É esperar.

Libelinha☆ disse...

As pessoas que mais falam... Normalmente são as que têm mais a esconder =)

E já que andas a passear pelo FB... Aparece aqui eu ia ficar feliz =)

Beijinhos ;P

Brisa disse...

Quando nos viram as costas quando mais precisamos, dói e não é pouco. Às vezes, apetece vingar-nos ou xingar de quem nos desprezou. Mas depois vemos que a vida - nossa e dos outros - dá tantas voltas e mais cedo ou mais tarde coloca tudo no seu devido lugar. Quem se manteve fiel a si próprio compreende que o desprezo que sofreu só lhe fez bem porque afastou da sua vida pessoas que na realidade não lhe eram "úteis". Aos que julgam e desprezam, cai-lhes o cuspo em cima. Se a isto se chama karma ou não, não sei; mas que é justiça, lá isso é.

Crente disse...

Libelinha: a Crente ainda não anda por lá. Só eu mesma. Vou ver se dou lá um salto ;)

Brisa: eram pessoas que estavam a mais, como depois concluí. Eu gosto de lhe chamar Karma, para me manter crente e optimista :)

The Coiso disse...

És tu a ver os divorciados e eu os casados, com os filhos recém-nascidos ao colo, alguns a chorar baba e ranho, e as luas de mel, e as fotos do casamento... Chiça... Só sei dar graças a Deus por me ter desviado dessa bala...

Paula NoGuerra disse...

há coisas do arco da velha mesmo hehehe
PS: se quiseres adiciona-me no FB
nogueirapaula@hotmail.com

Bjs doces****

Crente disse...

The Coiso: nem tudo é mau em levar uma bala... alguns tornam-se heróis ;)

Paula: não uso msn querida... Não consegui instalar no meu brinquedo novo e não posso usar no pc do trabalho... Desculpa.