quinta-feira, 17 de junho de 2010

Tiradas do Mr.X

Ontem, a fazermos tempo para o banho, a brincar no terraço:
X - oh mãe oh mãe "maguei" fiz um dói dói...
Eu - Como é que fizeste isso?
X - Foste tu...
Eu - Eu?! O que é que eu fiz?
X - Eu caí e tu não "xuguaste"...

Faltava eu estar por perto. Ri-me mas depois entristeci. São muitas as vezes que está longe de mais e eu não posso estar lá para segurar. Além de que a vida lhe fará rasteiras muitas vezes e nem sempre poderei estar por perto. Ser mãe é dose!

5 comentários:

Paula disse...

É normal de uma mãe querer poder estar sempre presente em todos os doi-dois... mas a vida é mesmo assim... tb nunca tivemos os nossos pais por perto com os nossos doi-dois... tudo para podermos "crescer".
Uma beijoca aromática****

aka pink disse...

Cair mas aprender a levantar. É o melhor que lhe podes ensinar. ;)

Rita disse...

Compreendo te tão bem...

Nirvana disse...

Não podemos xuguá-los sempre! Nem evitar que a vida lhes pregue rasteiras.
Muitas vezes quando o vejo triste por alguma coisa parte-se-me o coração, e vai partir-se sempre. Acho que o importante é ensiná-los que cair é o primeiro passo oara levantar.
Beijinhox :)

Uma boa parte de mim disse...

Creio que os filhos amados e protegidos acabam por sentir que, de uma forma ou doutra, estamos lá, mesmo que não estejamos. A vinculação dos primeiros anos é a grande almofada do resto da vida.
Beijinho e bom fim de semana