quarta-feira, 14 de julho de 2010

Eu juro que tento sacudir o pó, levantar-me e esperar o melhor

mas logo a seguir levo outra nas trombas.
Lembram-se da questão do leasing? Carta do banco recebida a "pedir delicadamente" para me chegar à frente e pagar os quase 8000€ de prestações em atraso.

E soube eu, pelo banco, que o pai B foi lá fazer choradinho para chegar a acordo, alegando estar desempregado. Como é?! Desempregado?? Ou a juíza e a Segurança Social andam a ser enganadas, ou quer passar a perna ao banco...

E 8000€?? Vou quê, tirá-los da minha cartola? Saco do SportBilly? Se houvesse alguma justiça neste mundo, jogava no euromilhões esta semana e ganhava um premiozito à medida...

6 comentários:

Paula disse...

Há gente para tudo... uma realidade... uma injustiça certamente!

CORAGEM PARA O FUTURO****

by "A Invisível" disse...

Querida Crente;

Espero que essa situação passe o mais rápido possível.
Força!

Beijinho*

Crente disse...

Paula: Esta merda já me cansa até ao tutano... Nem sei como resolver!

Invisível: :) Espero que sim! E essas férias??

Vera, a Loira disse...

Bem, venho cá à relativamente pouco tempo daí haver partes que não percebi, mas espero que consigas resolver tudo e que corra tudo pelo melhor.

Um beijinho.

Brisa disse...

E o facto de já estarem divorciados não conta? E o facto de ele não ter alterado o nome do fiador também não interessa? E se tu não tiveres dinheiro para pagar? Nada conta? Nesta porcaria de país, a vítima será sempre a mais penalizada... Antes de desesperares (ainda mais), clarifica essa situação. Não é justo, até porque ainda por cima és tu que pagas sozinha as contas do puto - sim, imagino que o sr Pai-a-tentar-ganhar-o-troféu-filho não pagará de livre vontade a conta da escola, do médico... Desculpa uma certa raiva com que comento os teus posts, mas este é um tema que me causa imensa comichão.

Paula disse...

Quase muita comichão a mulheres injustiçadas....