quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Este post ficou guardado e foi publicado em automático

Foi escrito dia 27 de 10, à tarde.
Não me quis confessar antes. Receio de agoirar. O tal do Karma (aquele que o Prezado pôs de lado no prato - cada um come o que gosta e deixa ficar o resto - e eu respeito).
Às 14h30, estou eu no Tribunal de Família. A audiência que espero desde Março é agora. A quem acompanhou parte disto: torçam por mim agora. Aos outros: torçam por mim agora. É agora. Está a ser agora. Daqui a pouco sairei daqui e não sei como estarei. Quero sair daqui feliz. Quero sair daqui com a convicção que a vida do meu Mister será agora mais fácil. Quero sair daqui com a guarda do filho que sempre criei. Quero que não o obriguem a tantas viagens como aquelas que fez até aqui. Contei os quilómetros. Aproximadamente 13300. Em cerca de 7 meses. Nem o meu carro fez tantos no mesmo tempo. E ele tem apenas 3 anos e meio. Não acho justo, nem acho que seja no "superior interesse do menor".
Quando puder venho aqui e postarei o resultado. Espero que um feliz. Para o Mister. Porque eu lá me vou habituando ao que tiver que ser. Nem que seja a contar quilómetros.
Torçam por mim, torçam pelo Mister. Ele, mais que qualquer um dos adultos, merece ser feliz e ter uma infância o mais normal possível.

Obrigada

17 comentários:

Patita disse...

Estou a torcer por vocês! Vai correr tudo bem.
Bjs

Isis disse...

Muita sorte neste dia!!!! que tudo corra bem pelo bem sobretudo do pequeno =)

Ana C. disse...

Que tudo corra bem!

Tuxa disse...

Espero que tudo tenha corrido bem!

Olivia Palito disse...

Desejo profundamente que tudo corra bem. Depois quero uma taça de morangos para celebrar. Combinado? :)

Beijinho*

R. disse...

Querida,
vamos confiar em quem fez as leis e em quem as aplica...
Estou por aqui se precisares de algum esclarecimento/ajuda (profissional) ou palavrinha amiga. Calma...
Beijinho grande*

Suspiro disse...

Vai correr tudo bem! Tou aqui a torcer por ti como mãe! ;) beijocas

I. disse...

Espero que corra bem, e encontrem uma solução menos cansativa para o pequeno, mas que lhe permita continuar a ver o pai com regularidade. Olha que é importante, terem o pai na sua vida. Boa sorte!

Marquês de Sade disse...

Estou a torcer.
Depois conta como correu.
Bjinho e boa sorte!

A. disse...

aqui a torcer..

Manuela disse...

Ainda a torcer e a aguardar. Força :)

Madame Pirulitos disse...

Torci por ti. E agora mesmo sabendo que já teve um desfecho, mas não sabendo qual, continuo a torcer.

vem cá dizer à gente como ficou, sim?

só 1 mulher disse...

Vocês merecem que corra tudo bem... principalmente o fofinho

1 beijinho

Crente disse...

Obrigada a todos! Não correu bem. Também não correu mal.

R. - acredito cada vez menos na justiça.

I. - nunca disse que o pai tem direitos. Sempre disse que queria que pai e filho tivessem uma relação. Não acho normal é que tenha sempre de ser o Mister e eu os sacrificados, para benefício do pai que sempre foi e é irresponsável. Um choradinho e sou eu a ter de levar o miúdo a Lisboa.
Não me lembro de mais caso nenhum como o meu.

Enfim. Esperar o resto do julgamento.

Prezado disse...

O Prezado é um não-crente, sim. Mas a justiça é dos homens, não do Karma. Boa sorte para tudo.

Crente disse...

Caro Prezado: não-crente não, que me sinto posta na beira do prato. Não-karma. É mais equilibrado. Quem sabe um dia não me transformo também, já que o karma não tem sido muito gentil. Se calhar anda perdido, como tu :)
Agora a sério, Obrigada.

Prezado disse...

Perdido já não sou. É Prezado.