terça-feira, 23 de novembro de 2010

Ainda sobre a árvore

Acabei por comprar a do Continente: 2.10m, 1200 ramos. Custou 29.99. E, como havia uma promoção de 50% de desconto em cartão no fim de semana, fiquei com 15eur no cartão. E, como tinha um vale de 5eur para compras superiores a 20eur... Pois é: comprei a árvore por 29.99eur e fiquei com 20eur no cartão para usar na próxima ida ao supermercado.
A árvore não estava exposta - não fosse eu ter tido a esperteza de verificar o site online antes, não sabia da existência dela. Todas as outras árvores eram mais caras. Lá encontrei esta, pedi para verificar o preço (que não tinha) e cá está ela. Na foto não parece, porque o pé direito da casa é muito alto, mas a árvore é grande. Encheu-se com bolinhas vermelhas e douradas, fitas da mesma cor e umas luzes que parecem umas bolas (estas últimas também do Continente, o resto foi no DeBorla) - para terminar, enfeites de chocolate. E sim, o Mister já os encontrou.
Próximo fim de semana, se estiver por casa, vou tratar de enfeitar o resto. Vou ter é de fazer enfeites com feltro e afins, pois não encontrei nada - comprei apenas uns cestinhos enfeitados com um Pai Natal, para rechear de bombons ou bolinhos ou o que apetecer.
Não vi velas que gostasses, isto é, com um bom preço e bonitas. Comprei umas lisas, vermelhas, e fita daquela larga. Vou colocar a fita à volta de cada vela e fazer o arranjo da mesa.
Em relação ao enfeite da porta, ainda não sei como resolver a questão: a porta é de metal e vidro. Como raio é que vou pendurar lá alguma coisa?
Bem, cenas de um próximo capítulo quando houver avanços :)

10 comentários:

Vera, a Loira disse...

Eu desisti de fazer árvore de Natal, agora só faço quando nascer um Joãozinho (meu, claro)

Madame Pirulitos disse...

Olha que eu comprei uns autocolantes engraçadíssimos para os vidros no Aki, o ano passado. Em vez do tradicional enfeite podias encher a porta com Pais Natal infantis.

PB disse...

Olá Crente, relativamente ao comentário que fizeste no meu blog, aqui te deixo este link, no qual terás a resposta:

http://www.mysweets4u.com/pt/

Beijinhos

Paula NoGuerra disse...

Adoro o Natal...mas acho um bocado cedo para fazer árvores de Nataçl e etc... perde-se muito, e cada vez se fazem os enfeites mais cedo... perde-se o espirito... e fica apenas a parte consumista...
MAS ADORO O NATAL!

Madame Pirulitos disse...

Não conheço a paula mas não posso concordar com ela. Porque é que fica o espírito consumista mais exarcebado por fazer uma árvore de Natal em Novembro? pelo contrário, pode ser um símbolo de paz, de ajuda, mais presente. depende de como for enquadrado pelos pais.
E a verdade não é que o Natal é quando um homem quiser? Muito mais deve ser quando uma criança quiser!

Os meus gostam de árvores e de enfeites pela casa; gostam de se mascarar fora de época... tudo isso faz parte da magia de uma altura da vida que, quando se for não volta mais. Então há que aproveitar!

só 1 mulher disse...

Gostei da árvore, e assim mesmo é que é, sempre a economizar
;)

o fio de pesca pode ajudar a pendurar coisinhas na porta (acho)

beijinho

Libelinha☆ disse...

E que tal aquelas coisas (tipo ganchos) da tesa que depois se retiram só por puxar a fita que cola dos dois lados... E não deixa marca (diz a publicidade)?

Beijinhos ;P

Crente disse...

Loira - é principalmente para o Mister :) Mas nós também nos divertimos!

PB - Obrigada! :D

Paula - por acaso acho o contrário: enfeitar a casa, fazer a árvore é viver a época e não significa aderir ao consumismo. Por norma só faço a árvore no dia 1 de Dezembro, mas como o Mister passa tão poucos fins de semana connosco é da maneira que vivemos o Natal em família :)

Madame - Concordo, é como lá em casa. Vou ver se descubro esses enfeites, obrigada! :)

só 1 mulher - foi baratinha sim. O fim de pesca era porreiro se tivesse onde o prender hehehe

Libelinha - é uma boa ideia. Vou ver se se aguenta... ;)

Manuela disse...

Querida Crente, quando tiveres uma solução para pendurar algo na porta, diz-me que eu também tenho o mesmo problema, pois é de metal. Já experimentei com diversos tipos de fita-cola e cai sempre!
Beijinhos :)

Paula NoGuerra disse...

Lindinha,
Cada um com a sua opinião...e como é obvio concordo e aceito a tua.
A madame Pirulitos diz e muito bem: O Natal está no coração e devia de ser todos os dias!
E é isso que para mim importa... não a árvore, pois é apenas um simbolo de uma época que é importanto para quase todos, em especial para as crianças. E viva o MR. e a sua árvore de Natal!

Aproveitem bem ;D

Bjs docinhos***