sexta-feira, 25 de março de 2011

Eu gosto de gatos

a sério. Mas tenho um gato burro que só faz os líquidos no tabuleiro da areia. O restante faz ao lado.
E os cães, gosto mais deles já adultos. Quando já sabem que o WC é na rua. E que as pantufas são para me aquecer os pés, não para exercitarem o maxilar.

9 comentários:

Costinhas disse...

desculpa vir dizer isto mas, tenho um lá em casa que aos 10 anos de vida ainda acha que giro giro é mastigar tudo o que estiver a jeito.

TUDO.

boa sorte! :p

Crente disse...

É sempre bom receber boas notícias :P

Costinhas disse...

é o que dá vivermos em Portugal, já estamos habituados a elas ;)

Paula NoGuerra disse...

Cá em casa temos dois gatos, uma preta doida como tudo e um siamês que´a coisa mais "burreca" que já vi... mas são os meus "meninos"

Madame Pirulitos disse...

Eu cá em casa já tenho tantas pequenas feras para amansar que não quero mais nenhuma! Não posso!!

Libelinha☆ disse...

Bem... A minha gata hoje passou a tarde a correr e a parar repentinamente nos tapetes só para deslizar!... Parecia que estava num carrocel... A burra era eu que os ia sempre esticar e por no sitio!... Os olhos dela brilhavam de alegria e lá voltava ela em força a deslizar no tapete!...

A cadelita mais nova já está a deixar o vicio de roer mas mesmo assim há que andar atenta a ver se não me leva os chinelos ;P

Beijinhos ;P

Paula NoGuerra disse...

Os meus gatos tb adoram essa dos tapetes ;D

Crente disse...

Costinhas - mas melhora, não melhora?

Paula - dão uma trabalheira, mas são um mimo, não são?

Madame - As tuas feras são melhores que as minhas :)

Libelinha - hehehe Original, sem dúvida ;)

Costinhas disse...

queres que te minta? :p

(agora a sério: depende muito do bicho. O Rufus, nunca estragou nada dele mas não perdoa comida à sua beira ou algum objecto a jeito se quer que a gente vá atrás dele ou só por que lhe apetece. O Lucky, nunca perdoou comida a jeito, nunca tocou em nada nosso, mas não estimava as mantas/almofadas/brinquedos que lhe dávamos e destruía tudo em menos de nada. :p)