terça-feira, 5 de junho de 2012

6 meses

Pois... Hmmm... Desculpas a sério, não tenho. São as mesmas de sempre.
É a vida que se põe à frente,se enrola por dentro de nós e nos faz tropeçar por fora. Ou ao contrário.
É o trabalho a mais (não me queixo do trabalho, mas do cansaço) que ainda não me deixou tirar férias este ano. e as correrias a que obriga.
É a família e os laços que se ganham e se perdem.
É a casa e suas obras, pó e falta de empregada doméstica (e sem dinheiro para ela).
É o excesso de preguiça e a falta de vontade.
É querer mudar e não saber bem o quê.
É ver o tempo a passar demasiado rápido.
Deve ser dos 33 anos que fiz nos entretantos...
Mas voltei.
Meio ano é muito tempo.

2 comentários:

R. disse...

E agora espero que seja para ficar!!!

Paula Nogueira Guerra disse...

Mas voltaste e isso é que importa!
WELCOME HOME XXXX